"O Enigma Itaoca "

Pequeno Trecho da Historia: Dizeres da Placa: "Terra da Luz" contida no livro.

        Ao retornar para o vilarejo, eu observava pelo caminho as coisas mais interessantes como: a ponte caída há mais de dois anos, que até aquele momento não havia sido reconstruída, tendo os seus usuários, que entrar à direita, numa passagem improvisada, bem abaixo do nível da rodovia, isto na direção que eu vinha rumo à cidade; antes, observei as entradas de algumas propriedades cuidadosamente trabalhadas e seu requinte de bom gosto, a bifurcação que indicava a entrada da antiga Usina São Valentim, onde também constava a da Pousada da Chuchua, pertencente a um americano, que além de xalés, possuía também uma casa misteriosa, em desnível que desequilibrava qualquer pessoa...

 
 
 
    Untitled Document
 
Untitled Document

      Brinde: Trecho da Historia: “ENTRANDO NO LADO OCULTO DE ITAOCA”

        Depois de algum tempo, um novo contato com Rosemiro, do sítio onde o galo anunciava a chegada e a partida, levou-me a dados importantes em meu caminho.
        Cheguei à propriedade, sendo anunciada pelo galo e depois, na varanda, uma conversa foi abrindo um novo foco para minhas buscas.
        Na minha frente aquela figura amiga já fazia parte dos meus escritos e novamente se propôs a uma investida pelos caminhos inóspitos do conhecimento.
        Olhava-me de maneira duvidosa, se poderia confiar ou não o segredo que o rondava de forma parcial.
        Falou: “Um dia, andando pelos lados do morro, onde fomos conhecer o lugar dos cultos ao ar livre, cheguei até a fonte de águas cristalinas, naquela nascente que fica entre o morro mais alto e o mais baixo, encontrei, bebendo do liquido precioso, um senhor de barbas brancas e longas. Ele sentou-se numa pedra que estava do lado direito da fonte e comentou algo estranho para mim”: Tudo está representado como num espelho que mostra em seu brilho os lugares opostos, que facilmente se identifica numa definida cruzada, sempre aguardando a vinda daquele que fará o reconhecimento e reproduzirá passo a passo a idealização proposta no lugar. Esse lugar é aqui, só precisa de paciência e aguardar a abertura da mente, numa inspiração que já existe.
        “Daquele dia até hoje, trago esse segredo guardado comigo, tenho a certeza que a sua curiosidade não deixará de lado esse fato estranho”.
        O meu amigo estava fazendo sua parte, o curioso ali era somente eu. Será que essa informação me fará mais perto do segredo daquele povo? Então resolvi seguir os passos do meu amigo e tentar entender o que tudo aquilo representava de verdade.
        Numa tardezinha calorenta segui a direção da nascente de águas cristalinas, sem a mínima preocupação.
         Parei o carro no meio do canavial, próximo a uma curva de nível bem elevada, que impossibilitava seguir adiante.
        Caminhei até a pedra que ficava do lado da nascente e nela me assentei. A noite veio lenta, morna, sem brisa alguma para refrescar o calor insuportável.
         De repente surgiu o velho de barbas brancas, fez um gesto para acompanhá-lo. Atendi aquele chamado como nunca pensei, tropecei e fui caindo sobre outras pedras. O meu pé bateu tão forte entre elas que me senti desfalecer.
        Num repente como se nada houvesse acontecido, atendi o chamado daquele senhor de barbas brancas.
        Seguimos rumo a uma saliência no morro, parecia uma caverna desabitada. Mas as aparências enganam, abria-se uma imensa cratera e nela estavam coisas desconhecidas por mim...


Apreciação Do Livro "O Enigma Itaoca"

        Como é muito presente em sua coleção de obras, Marshal Jr, lança mais este livro onde procura revelar os mistérios do morro Itaoca, localizado em nossa região, transmitindo suas pesquisas sobre os mistérios e lendas presentes na mente de moradores locais, cultivados por várias gerações.

        O Enigma Itaoca é um livro totalmente original, atraente e rico na descrição da localidade, da natureza da população que a rodeia e por fim, no enigma de misteriosas construções destruídas pelo tempo, isoladas no alto do morro, revelando fatos estranhos relatados por moradores desta Vila, como a presença de ÓVNIS no local e a visita misteriosa de um grupo desconhecido de pessoas de São Paulo, que se reúnem e pernoitam no morro todos os meses, no início da lua crescente.

        Vale a pena ler e conhecer o enigma do livro de Marshal Jr, pelas revelações apresentadas em seu conteúdo e pela satisfação de acompanhar relatos nunca divulgados que passam a fazer parte da história mística de nossa região, num trabalho sem dúvida inteligente e de rica linguagem.

 

                                                                                                            Comendador Aluízio J. Freitas
O apresentante é Comendador pela "Ordinis Sancti Lazari In Jerusalém, Nazareth e Bethlem" e Comendador pela "Sociedade Brasileira da Educação e Integração de São Paulo". É jornalista, ocupa a cadeira n° 9 da Academia Paulista Maçônica de Letras, projetou e foi Diretor Geral por 15 anos da revista "A Verdade", da GLESP. Dirigiu diversas editoras.